Pesquisa personalizada

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Nermal (tiras nostálgicas)



Mais tiras nostálgicas! Nermal, um gatinho fofo e lindo, para o desespero do Garfield. As tiras abaixo foram publicadas em 1985, de 21/10/85 a 27/10/85. Divirta-se!





domingo, 22 de outubro de 2017

Recado da Dinamarca para seus alunos: deixem as escolas verificarem o seu histórico de buscas ou sejam expulsos



Os estudantes dinamarqueses vão odiar as novas regras das provas. A Ministra da Educação Merete Riisager propôs uma nova lei que obriga os estudantes a garantia do acesso da escola aos seus laptops pessoais, de acordo com o site dinamarquês DR.

fonte: The Next Web
A proposta procura tornar mais difícil para os estudantes colarem ou trapacearem nas provas. Como parte das novas regras, as escolas também terão a permissão de fazer verificações em segundo plano no histórico de pesquisa e atividades nas redes sociais de seus alunos. A proposta já foi encaminhada para uma análise mais profunda.

Entre outras coisas, a proposta também estipula que o examinadores tenham a permissão, quando necessário, de inspecionar os conteúdos dos laptops dos estudantes, inclusive os materias usados, arquivos de log e muito mais.

O que é particularmente incomum sobre a proposta da lei é que, enquanto as escolas não tem direito de forçar o acesso aos dispositivos de seus alunos, os examinadores terão o consentimento de inspecionar os laptops quando os alunos sentam para fazer uma prova ou fazer uma apresentação.

Os estudantes que se recusarem a cumprir essas regras terão que encarar várias penalidades, como ter seus dispositivos confiscados por até um dia ou ainda pior, serem completamente expulsos da escola.

Então, de certa forma, os estudantes são forçados a arriscar as suas perspectivas futuras ou desistir da sua privacidade.

Até agora, a proposta vem sendo encaminhada com uma discussão justa.

O presidente da Danish High School Association (Associação do Ensino Médio da Dinamarca), Jens Philip Yazdani, invade o direito dos alunos à privacidade. Este sentimento foi apoiado pelo presidente da IT Polical Association (Associação Política IT), Jesper Lundm e o professor de direito Sten Schaumburg-Müller da University of Southern Denmark (Universidade do Sul da Dinamarca).

É uma questão complicada. Se por um lado a internet e seus recursos favorecem as trapaças e as colas, por outro lado, temos a questão da privacidade, a que tanto temos defendido. Acredito que a solução seria o uso de uma intranet que a escola possa controlar o que os alunos acessam ou conversam sem precisar violar a privacidades deles, caso os computadores usados sejam da própria escola. Pelo que entendi, cada aluno já trás seu próprio laptop. Mesmo que a internet da escola seja controlada, ainda existe os dispositivos móveis com suas próprias redes que podem ser conectadas.

É um problema difícil de resolver ao meu ver. Mas alguma solução tem que ser encontrada sem precisar violar a privacidade dos indivíduos.

fonte: The Next Web






sábado, 21 de outubro de 2017

Crazy Links #427 - Liga da Justiça





E para vocês, posto 12 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:




sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Novidade: Aplicativos Instantâneos no Android e teste de aplicativos sem a necessidade da instalação



Novidade: O Android agora tem os Aplicativos Instantâneos, e o  Google Play agora vai permitir que você experimente os aplicativos do Android antes de comprá-los e/ou instalá-los.


fonte: The Next Web

A Google anunciou várias atualizações grandes e pequenas em sua Play Store hoje, mas a mais emocionante de todas elas é a chegada dos aplicativos instantâneos ou Instant Apps, que você pode transmitir para o seu dispositivo e experimentar e sem ter que instalá-los primeiro.

Os aplicativos instantâneos foram mencionados no evento do desenvolvedor Google IO em maio de 2016; a empresa começou a implementar esses programas em janeiro deste ano, mas alguns desses aplicativos puderam ser visualizados.

Além disso, a Google anunciou que você poderá testar os aplicativos suportados na Play Store tocando no botão Try it Now abaixo das suas listas. Essa opção ainda não está habilitada para todos, mas os Instant Apps  devem chegar aos dispositivos mundo afora.

Esse recurso deve tornar mais fácil decidir se você quer comprar um jogo ou um aplicativo premium sem ter que pagar. Já existe um sistema de reembolso que lhe permite recuperar o seu dinheiro se você devolver o aplicativo dentro de duas horas após sua compra, mas isso pode ajudar ainda mais.

Se você for um desenvolvedor de aplicativos, é bom dar uma olhada nesta página!

Fonte: The Next Web




Piadas de senadores 2ª parte



Mais uma vez nesta semana, os senadores cagaram literalmente para o povo brasileiro ao manter o mandato de Aécio Neves, pisando na decisão da justiça brasileira... E por onde andam as panelas? Perguntar não ofende! Abaixo, mais piadas de senadores para não chorar!




quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Os novos recursos de segurança do Chrome permitem que a Google analise as extensões que você usa



No começo dessa semana, a Google anunciou seus planos para acelerar seus mecanismos de segurança no Chrome para facilitar a prevenção e recuperação de infecções de software indesejáveis.

fonte: The Next Web
Mas ao mesmo tempo, essas mesmas medidas implementadas para nos proteger também estão permitindo que a Google verifique precisamente quais as extensões que baixamos para nossos navegadores e como as usamos.

Esse aumento das defesas antivírus ocorre apenas uma semana após a publicação de relatórios que uma extensão de adblock malicioso na Chrome Store foi bem-sucedida em mais de 37.000 vezes. A questão mais urgente, no entanto, era que havia centenas de outras instâncias infecciosas do mesmo aplicativo ainda na natureza. É exatamente isso que as novas adições de segurança foram projetadas para negar. Mas isso não quer dizer que essas medidas venham sem ressalvas.

O primeiro recurso faz com que se torne mais difícil para as extensões fazer as alterações nas configurações do seu navegador. Para evitar que tais aplicativos sejam adulterados com sua configuração do Chrome, o navegador agora procurará ativamente detectar quando as extensões fizeram alterações sem seu consentimento e oferecer para reverter todas as alterações com um clique.

fonte: The Next Web

A segunda adição de segurança baseia-se no já existente recurso Chrome Cleanup, o que facilita a remoção do software incluindo o que as extensões de terceiros instalaram no seu sistema sem o seu conhecimento. O recurso Cleanup redesenhado torna este processo mais simples e rápido.

fonte: The Next Web
Isso nos leva ao último e mais preocupante recurso de segurança que é o mecanismo de limpeza atualizado.

A Google colaborou com a empresa de segurança ESET (cujo software de antivírus do Mac foi recentemente descoberto como suscetível a ataques) para atualizar a tecnologia sandbox do Chrome com o algoritmo de detecção da ESET, projetado para explorar violações e remover software ofensivo.

Como alguns usuários apontaram, o mecanismo de limpeza atualizado funciona essencialmente como os filtros anti-malware SmartScreen da Microsoft no Windows 10. Ao contrário da Microsoft, ainda não está claro se a Google dará aos usuários do Chrome a exclusão desta configuração.

Mas aqui está o principal problema: para realizar esta análise de detecção corretamente, o Chrome estará digitalizando todos os softwares que você baixou e gravando ativamente esses dados.

Será que devemos ficar preocupados com todos esses dados que a Google está coletando? Em uma conversa recente no centro tecnológico TQ de Amesterdão (aviso: TNW fundou TQ), o presidente executivo da Alphabet e ex-CEO do Google, Eric Schmidt, era vocal, o motor de busca do peso pesado é confortável para tirar a maior parte do dinheiro da publicidade.

"Estamos no negócio de propaganda e nós amamos a propaganda", disse Shmidt.

Mas enquanto a Google tem o prazer de continuar empilhando o capital de seus fluxos publicitários, devemos manter uma dose saudável de ceticismo quando consideramos as implicações que este modelo de negócios tem para nós, os usuários.

Você sabe o que eles dizem: "Se você não é o cliente, você é o produto".

Seja ou não incomodar você em um nível pessoal, a Google faz o seu dinheiro estudar nossos desejos e atendê-los de forma mais eficaz ou capacitar outras empresas para fazê-lo.

Sim, a Google ainda se preocupa em melhorar sua linha de serviços, mas há um incentivo adicional para monitorar e analisar como usamos esses produtos: o que fazemos, como o fazemos, por que gostamos de fazê-lo e o que nos mantém voltando para mais é o combustível que a empresa Mountain View precisa continuar crescendo e sua abordagem de escala agressiva requer grandes quantidades disso.

De certa forma, isso também é o que os novos recursos de segurança trazem para o Chrome: melhor funcionalidade para os usuários e informações mais flexíveis para o fabricante.

Claro, o Google quer dirigir sua atenção exclusivamente para o que beneficia você, e não eles. Afinal, o seu sucesso depende da sua aceitação dócil de que a funcionalidade é mais importante para você do que a privacidade.

fonte: The Next Web




quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Boicote ao Twitter, violação dos termos e resposta de Jack Dorsey



Na última sexta-feira, Um movimento de mulheres boicotou o Twitter durante 24 horas, para mostrar apoio às mulheres vítimas de assédio sexual com a hashtag #WomenBoycottTwitter. Só que a razão desse boicote foi outra...

Joy of tech - Social media guilt

Para quem não sabe o que está acontecendo no mundo das celebridades, foi descoberto que um figurão da Hollywood, o produtor Harvey Weinstein assediava sexualmente várias atrizes, e o que realmente ocasionou o boicote foi o fato do Twitter bloquear a atriz Rose McGowan, e em seguida surgiram vários tweets em apoio a ela.

McGowan praticament soltou o berro no Twitter, condenando Weinstein e acusando atores como Matt Damon e Ben Affleck de protegê-lo. E a conta do Twitter de McGowan foi temporariamente bloqueada por "violar as regras do Twitter", a partir daí começou a reação das mulheres pela rede social.

Na verdade, o Twitter temporariamente suspendeu a conta de McGowan semana passada porque ela publicou um número de telefone particular em um tweet. E isso é uma clara violação dos termos de serviço da plataforma. Embora a conta de McGowan tenha sido eventualmente restaurada, o incidente destaca problemas em como o Twitter aborda os abusos em sua plataforma.

O CEO do Twitter Jack Dorsey, escreveu em uma série de oito Tweets, que a empresa reconhece que o comportamento no site silencia as vozes e que seus esforços para atualizar suas políticas nos últimos dois anos não foram suficientes.

"Trabalhamos intensamente nos últimos meses e nos concentramos hoje em tomar decisões críticas", disse ele, afirmando que eles "decidiram assumir uma posição mais agressiva nas nossas regras e como as aplicamos" e que nas próximas semanas, eles estarão apresentando "novas regras em torno de: avanços sexuais indesejados, nudez não consensual, símbolos de ódio, grupos violentos e tweets que glorificam a violência".

Desde o último ano, o Twitter vem introduzindo alguns recursos que ajudam a filtrar os tweets abusivos das respostas e a capacidade de bloquear certas palavras-chave. Em julho, a empresa disse que seus esforços estão funcionando. Ainda assim, não parece ir longe o suficiente, e em resposta aos tweets de Dorsey, vários usuários apontaram que o Twitter verificou supremacistas brancos como Richard Spencer. Dorsey respondeu que o Twitter está "reconsiderando nossas políticas de verificação", mas que não era uma prioridade tão alta quanto exigir suas regras.

Quanto ao boicote, ao meu ver, foi infundado dado que a atriz por não saber (com certeza) dos termos do serviço, acabou fazendo uma violação, e as usuárias acabou levando para outro caminho. A conta de McGowan não foi suspensa por ter desabafado e pedindo justiça, e sim por publicar um número de telefone.

Esse é o problema de usar um serviço e não ler os seus termos de contrato, o que a grande maioria faz em todas as redes sociais. Assim, mal-entendidos como esse poderiam ter sido evitados...

Fontes: The Verge, aqui e aqui.




terça-feira, 17 de outubro de 2017

Acredite, o seu Wi-Fi já pertence aos hackers!



Desculpe estragar o seu dia mas há rumores de que o protocolo de criptografia WPA2 que protege seu roteador Wi-Fi e dispositivos conectados que protege dos invasores foi "hackeado"!

fonte: The Next Web

Isso significa que um hacker que esteja dentro da faixa física de sua rede doméstica ou do seu escritório pode quebrar sua senha do Wi-Fi, ouvir sua atividade na internet e interceptar fluxos de dados inseguros ou não criptografados (como uma senha inserida em um site que não é HTTPS, ou vídeo da sua câmera de segurança doméstica para a nuvem).

Isso era esperado, pois o protocolo WPA2 tem aproximadamente 13 anos. A prova do conceito desse ataque é chamada de KRACK (Key Reinstallation Attacks ou Ataques de Reinstalação de Chave). O CVE que descreve a falha de segurança foi publicado ontem. O site krackattacks.com que traz mais informações do especialista em segurança Mathy Vanhoef da imec-DistriNet, a KU Leuven agora está online, para que você possa aprender mais sobre a metodologia lá.

E o que isso significa para todos nós? Apesar de não sermos hackeados imediatamente, a nossa WI-FI é vulnerável  até o fabricante do roteador emitir uma atualização de segurança. Você também deve estar navegando na maioria dos sites HTTPS, mas qualquer coisa que seja enviada do seu telefone ou computadores em texto simples pode ser escavada por espiões. Se possível, use uma VPN para obscurecer a atividade da internet.

Além disso, precisamos procurar as correções de segurança para todos os dispositivos domésticos inteligentes em sua casa; dependendo de como eles estão configurados, eles podem ser hackeados para vazar dados e permitir que os hackers copiem ou troquem senhas em seus bloqueios e sistemas de alarme.

E isso vai ficar terrível de agora em diante...

fonte: The Next Web




segunda-feira, 16 de outubro de 2017

A nova cama do Garfield (tiras nostálgicas)



Mais tiras nostálgicas! Jon compra uma nova cama para o Garfield, mas parece que ele não gostou, e no fim se prepare que ele vai atacar nosso gato preferido! As tiras abaixo foram publicadas em 1985, de 14/10/85 a 20/10/85. Divirta-se!




domingo, 15 de outubro de 2017

Redes sociais, democracia e como ser feliz



Existe democracia nas redes sociais? Ou melhor, as redes sociais são democratas? Os usuários estão abertos às discussões e respeitam quem pensa diferente? As respostas para essas perguntas podem nos assustar...

Joy of Tech - If Ancient Greeks Had Social network...

Ser democrático, não pensando apenas no sentido do poder do governo pelo povo, é o respeito pelo livre pensamento e das idéias, coisa que não vemos muito nas redes sociais. Não se aceita as diferenças ou quem pensa diferente e por conta disso, há o crescimento das bolhas sociais, isto é, o usuário se fecha com aqueles cujos pensamentos e idéias estão em concordância com os dele, privando-se assim das discussões em contrário.

Não se procura alternativas ou possibilidades diferentes. o que importa é ter "amigos" que possuem a mesma opinião para que assim pareça ter "certa" relevância.

E nesse sentido, as redes sociais se tornam autoritárias, verdadeiros espaços anti-democráticos onde não se prevalece a razão e a discussão das idéias. Quem pensa diferente é execrado, escorraçado e difamado. Portanto, a resposta única para todas as perguntas feitas no início é que não há democracia e respeito nas redes sociais. Democracia e redes sociais são coisas antagônicas!

A internet como um todo é democrata, deu voz a todos, sem exceção (infelizmente, temos os negacionistas da Ciência!), mas as redes sociais despertam o que há de pior no ser humano. Mas ao mesmo tempo, as redes sociais são interessantes e necessárias, veja como o Twitter foi usado pelos usuários em determinados governos autoritários, era a única voz dessas pessoas.

Talvez, a única maneira de não passar nervoso ou se indispor com todos é nunca se expor. Ou seja, não dar a sua opinião sobre qualquer assunto, nunca contradizer alguém e compartilhar muitas imagens (ou memes) engraçadas de gatinhos ou cachorrinhos fofos. E nunca alimentar os trolls!

Lembre-se que cada espaço, grupo ou comunidade são pequenos antros de tirania ou de ditadura explícita. Você não vai consertá-los e nem pelo menos, fazerem enxergar um pouco da razão... Eles tem a sua própria verdade absoluta e tentar dialogar é como dar murros em pontas de faca.

Seguindo os conselhos dados acima, quem sabe você possa conviver e ser feliz nas redes sociais... Só que não! Já tentei e não consegui.




sábado, 14 de outubro de 2017

Crazy Links #426 - Star Wars 8: The Last Jedi





E para vocês, posto 12 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:




sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Piadas de milagres



Mais um feriado religioso de uma suposta santa que faz supostos milagres e que foi engravidada virgem por um pombo... E dessa história fantástica, surgiu uma religião, que junto com as outras assolam o mundo! Curtam as piadas de milagres!




quinta-feira, 12 de outubro de 2017

A Google comprou a Apple por US$ 9 bilhões



De todos os lugares que você esperaria ver notícias falsas, o Dow Jones provavelmente não seria um deles. Mas no começo desta semana, graças a um "erro técnico", surgiu uma história literalmente inacreditável sobre a Google ter adquirido a Apple.

Sim, o Dow Jones informou equivocadamente que a Google tinha comprado a Apple por US$ 9 bilhões!

fonte: The Next Web

Também não era apenas um alerta errante. O Dow Jones informou uma verdadeira fábula sobre a compra. A Google obteria 9 ações da Apple por compartilhamento único do Google; Esta foi, aparentemente, a última vontade de Steve Jobs em seu testamento; a Google assumiria a matriz da Apple como algum exército de ocupação, muitos detalhes para uma falha técnica.


A soma relatada foi de US$ 9 bilhões, mas algumas bandeiras vermelhas deveriam ser levantadas. A Apple certamente não entregaria as chaves ao castelo por essa soma, não importa o que o fantasma de Steve Jobs quisesse. O site  9to5Mac, que detectou o erro, relatou um breve aumento no preço das ações da Apple graças a esta "notícia". Um pico semelhante ocorreu na Google.

De acordo com uma declaração que Dow Jones deu ao Mashable: "Os itens, que nunca foram destinados a publicação, foram publicados acidentalmente como parte de um teste de tecnologia". Isso parece implicar que um humano realmente escreveu esses itens.

Agora, quem seria o funcionário da Dow Jones que escreveu tal história e por que foi incluída a linha “Google says yay.” ou "Google diz oba."? Mistério!!!

fonte: The Next Web




quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Microsoft decreta o fim do Windows Phone



Um funcionário da Microsoft confirmou no fim da semana passada que o Windows Phone estava morto e que a empresa não tinha planos para fazer qualquer novo hardware na linha.

A Microsoft nunca deu ao Windows Phone o destaque que merecia. Qual seria causa de morte tanto do hardware quanto do software? Talvez o marketing?

fonte: The Next Web
Em uma demonstração de honestidade, Joe Belfiore da Microsoft confessou no Twitter que a linha Windows Phone da empresa estava efetivamente morta, e que até mesmo ele pulou navio. Embora algumas atualizações continuem a ser lançadas, o smartphone não receberá novos recursos e nem teremos novos dispositivos.

"É claro que continuaremos a dar suporte para a plataforma... correções de erros, atualizações de segurança, etc. Mas a construção de novos recursos/entretanto não é o foco."

Não podemos esquecer da falta de suporte de aplicativos no Windows Phone foi uma barreira importante.  Belfiore disse que a falta de usuários criou um vácuo de desenvolvedores apesar dos melhores esforços da Microsoft em incentivos.

"Nós tentamos DURAMENTE incentivar os desenvolvedores de aplicativos. O dinheiro pago ... escreveu aplicativos para eles... mas o volume de usuários é muito baixo para que a maioria das empresas invistam. ☹️ https://t.co/ePsySxR3LB

Faltou marketing! Nada que destacasse o Windows Phone da concorrência. A necessidade de mais usuários para obter mais desenvolvedores de aplicativos a bordo, mas você não pode obter mais usuários a bordo sem os melhores aplicativos e tudo mais. O smartphone do Windows estava realmente fazendo algo diferente dos outros celulares disponíveis. Mas cadê o marketing? Algo que a Google e a Apple sempre faz quando tem inovações tanto no hardware quanto no software, seja o mais simples recurso, mas que é tratado como se fosse a coisa mais importante do planeta.


É triste saber que em uma multidão de 100 pessoas, apenas 2 usam o Windows Phone, e essa estatística nada diz o que esse celular tem de tão diferente das outras opções de mercado.

Houve vários problemas com o Windows Mobile, e, obviamente, só o marketing poderia fazer tanto. Mas a Microsoft não entendeu o mercado. Você tem que saber como jogar para uma multidão, e parece que essa foi uma multidão que a Microsoft não soube entender inteiramente.

fonte: The Next Web




terça-feira, 10 de outubro de 2017

Microsoft Edge vindo para iOS e Android



A Microsoft anunciou que está trazendo o navegador Edge para o iOS e Android. Além disso, o Arrow Launcher para Android agora vai ser renomeado para Microsoft Launcher.

fonte: HardwareZone
De acordo com o Vice-presidente Corporativo da Microsoft para Windows e Dispositivos Joe Belfiore:
O Microsoft Edge para iOS e Android traz recursos familiares como seus favoritos, lista de leitura, nova página de tabulação e exibição de leitura em seu PC e telefone, portanto, independentemente do dispositivo, sua navegação é com você. Mas o que faz com que o Microsoft Edge se destaque realmente é a capacidade de continuar no seu PC, o que permite que você abra imediatamente a página que está olhando diretamente no seu PC ou grave-o para funcionar mais tarde.
Conforme explicado acima, trata-se de trazer recursos do Edge aos quais usuários do Windows são familiares em seus desktops para o iOS e o Android. A Microsoft não está portando seu mecanismo de layout EdgeHTML para a plataforma móvel da Apple ou do Google; então o núcleo ainda é o WebKit / Safari para o aplicativo iOS e o Blink/Chrome para Android.

Por enquanto, apenas o inglês americano é suportado, mas a Microsoft diz que o suporte para outros idiomas está chegando. Alguns recursos, como a sincronização de tabulações e senhas de roaming, também estão faltando nesta primeira versão beta.

Você pode acessar a visualização Edge para iOS e Android (em breve) aqui nesse link, embora no momento, a Microsoft já tenha excedido o limite de usuário de teste permitido para o aplicativo iOS.

Fonte: HardwareZone via Microsoft.




segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Preguiça, Odie, TV, dormir... (tiras nostágicas)



Mais tiras nostálgicas!Pra que dominar ou experimentar o mundo se tenho a minha cama e a TV? E de quebra, o Jon e o Odie? As tiras abaixo foram publicadas em 1985, de 07/10/85 a 13/10/85. Divirta-se!




domingo, 8 de outubro de 2017

10 smartphones mais estranhos que já foram feitos



Estamos vivendo uma época em que todos ficam com os olhos piscando seja de alegria ou de desejo de adquirir os mais recentes smartphones das principais empresas de tecnologia.

fonte: The Next Web
Quem não se apaixonou pelo iPhone X da Apple, ou pelos Samsungs Galaxy 8 e Note 8, e agora nesta semana pelos Pixel e Pixel XL da Google? Vai ser difícil decidir qual o melhor dispositivo de 2017. Mas nesta caminhada, nem tudo foi flores. Nesses últimos anos, vários projetos esquisitos foram lançados como se fossem as maravilhas completas da tecnologia. Vamos à eles:

Quem não se lembra do N-Gage da Nokia? Um celular que não entendeu por que ninguém quer que ele pareça estar jogando videogames o tempo todo.

fonte: The Next Web

E a empresa parece não ter aprendido, pois em 2003 acabou lançando o Nokia 7600, que mais parecia ser como um termostato digital de 1983, e que ficava muito estranho ao ser colocado num bolso....

fonte: The Next Web

A seguir, uma modernidade, o Blackberry Passport. Se você acha que a forma retangular ganhou muito crédito desde o início da HDTV, então esse é para você. Vovô, vamos fazer uma atualização:

fonte: The Next Web

Você sabe o que é melhor do que um celular que torna tão difícil descobrir se você precisa disparar um selfie em retrato ou paisagem e que você precisa de uma lição de filosofia para dar um sentido a tudo isso? Exatamente a mesma coisa, mas com um teclado flip out. Este Motorola Flipout de 2010 deveria ter sido o último telefone quadrado a ser feito:

fonte: The Next Web

Os telefones com Flip representaram o epítome do cool no mundo dos smartphones, mas os designers da Motorola não aprenderam. O pior de todos eles foi o Sidekick, que ao invés de retirar o teclado, transformou a tela em meio círculo. Foi um dispositivo muito dramático para as pessoas que queriam fazer uma grande produção sem responder a uma mensagem de texto.

fonte: The Next Web

O próximo dispositivo não precisa de nenhum comentário sarcástico. É literalmente um telefone da marca KFC para o mercado chinês de smartphones. Foi feito pela Huaweii, e infelizmente, não vem com um assistente virtual do coronel Sanders.

fonte: The Next Web

Nem todos gostam de comer alimentos fritos, de fato, algumas pessoas não comem carne e nem usam couro. E com certeza, essas pessoas não gostariam deste celular de US$ 8.000 que vem à sua escolha com pele de réptil ou de mamífero colada no traseiro. É o Vertu Signature Touch, para as pessoas que acham que os jacarés são como uma declaração de moda.

fonte: The Next Web

E não para por aí, pois US$ 8.000 é baratíssimo em comparação com a próxima oferta. Na verdade, se você entrou em algum clube com um Vertu e a pessoa ao seu lado comprou esse celular de US$ 16.000 da Sirin Labs, você ficaria com a cara de um tolo bobalhão.

fonte: The Next Web

No outro extremo do espectro vem este "celular Bluetooth" baratinho que você pode encomendar na Amazon. E ao chegar, apenas abra a embalagem e coloque o dispositivo no ouvido. É claro que você não vai se importar ao se parecer com uma jaqueta que foi roubada de uma loja com a etiqueta de segurança ainda pendurada nela...

fonte: The Next Web

E por fim, temos o smartphone de US$ 1.200 para cineastas sérios da RED. Parece intencionalmente estranho, cujo preço torna o iPhone X parecer uma pechincha, e não sabemos para quem é destinado. Este celular parece algo tirado de um filme da Marvel há 10 anos atrás.

fonte: The Next Web

fonte: The Next Web




sábado, 7 de outubro de 2017

Crazy Links #425 - The Walking Dead





E para vocês, posto 12 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:




sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Piadas de nudez



Nudez é arte? Para uma sociedade livre de religião, sim. O que não é o caso do Brasil, onde uma tirania evangélica parece querer se instaurar... Piadas de nudez nesse caso, é preciso!




quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Tudo que a Google anunciou no evento Pixel



O evento da Google ontem superou as expectativas. Alem da segunda geração do smartphone Pixel, tivemos muitas outras novidades. Abaixo um resumo de cada lançamento.

fonte: The Next Web
Google Home Mini & Max

Primeiro foi o Google Mini, a versão em miniatura do Google do Home. Claramente, um concorrente do Echo Dot, o Mini está envolvido em tecido como a versão maior, e realmente parece ser excelente. Parece piada, mas a Google testou mais de 150 tons de cinza (digite BDSM joke) antes de se decidir em na cor charcoal(carvão vegetal) e duas cores adicionais: coal (carvão) e coral.

fonte: The Next Web
O alto-falante vem no formato circular e produz um som de 360 graus em um pacote que você não quer se esconder, como deveria ser o Echo Dot da Amazon.

O Google Assistant está recebendo uma nova atualização bem legal, chamada de Broadcast. Não é nada de sensacional, mas essencialmente transforma qualquer combinação do Google Home/Google Home Mini em um sistema de intercomunicação inteligente. Depois de dar o comando apropriado, você pode "transmitir" uma mensagem para a casa inteira ou, presumivelmente, salas individuais,bem como a característica "drop in" da Echo, mas um pouco menos assustadora.
A pré-venda começa hoje, e se você mora nos EUA, pode pegar o seu por apenas US$ 49. O Google Home Mini será enviado em 19 de outubro.

fonte: The Next Web
O Google Max, um Google Home maior, foi o próximo. Um outro alto-falante envolvido em tecido, que pode ser posicionado tanto na horizontal quanto vertical. Dentro do alto-falante inteligente muito bem projetado, encontra-se um outro recursonovo, o Smart Sound. O Smart Sound é a resposta para alto-falantes que parecem ótimos na loja, mas não tanto na sua casa. O Max usa o aprendizado de máquina para customizar o som no seu espaço e garantir uma excelente experiência de áudio.
O Max vai ser lançado em dezembro, por US$399. Inicialmente está disponível apenas nos EUA e vem em duas cores: chalk (giz) e charcoal (carvão vegetal).

Google Pixelbook

O Pixelbook é o laptop mais fino e leve que a Google já fez. Com apenas 10mm (0.39 polegadas) e 1kg (2.2 libras), é incrivelmente portátil. De acordo com a empresa, é o primeiro laptop conversível que se sente tão natural de usar quanto um tablet.

fonte: The Next Web

O Pixelbook vem com até 16GB de RAM e um SSD de 512GB. Melhor ainda, a bateria precisa de apenas 15 minutos de carga para dar uma duração total de duas horas.

O Pixelbook vem com o recurso Instant Tethering. Quando você não possui Wi-Fi, o Pixelbook se conecta automaticamente aos celulares Pixel para ter internet em qualquer lugar. Não está claro se isso funciona para qualquer dispositivo Android, ou apenas o Pixel, mas o último foi mencionado especificamente.
Temos também um novo acessório, a Pixelbook Pen. A caneta incorporada possui 60 graus de consciência angular e 2.000 níveis de sensibilidade à pressão.

O preço do Pixelbook começa em US$ 999. A Pixelbook Pen, mais US$ 99. A pré-venda dos dois começa hoje com o envio previsto para 31 de outubro.

Pixel 2 and Pixel 2 XL

A estrela do evento, ,o smartphone Pixel 2, virá no tamanho  original de 5 polegadas e do XL de 6 polegadas. Virá com o Android Oreo, e vem em algumas cores legais: kinda blue (tipo azul), just black (apenas preto), e clearly white (claramente branco). O Pixel XL só tem duas opções de cores: just black(apenas preto) e black and white(preto e branco).

fonte: The Next Web
A Google afirma que não guarda os melhores recursos para o maior dos dois dispositivos como fez a Apple: ambos oferecerão uma experiência uniforme, independentemente do tamanho.

A câmera, de acordo com a DXO, é a melhor do mercado e marca 98, quatro pontos superiores ao iPhone 8 e nin pontos superiores ao primeiro Pixel. A câmera do Pixel 2 também pode fazer fotos bonitas sem uma segunda câmera. Usando a tecnologia dual pixel, o único sensor pode reconhecer várias camadas de um único pixel, e o software os combina com os ótimos efeitos de bokeh que anteriormente viriam apenas nos modelos de sensor duplo.

Funciona também na câmera frontal, sem o entalhe maluco e um único sensor.

fonte: The Next Web
O Pixel também possui uma exibição OLED vívida, um carregamento super rápido, resistência à água, o sensor de impressão digital mais rápido e agora, a câmera mais alta do mundo.

A interface do usuário, como de costume, parece ótima. E ao "espremer" o smartphone, traz o Assistant, que é uma ótima característica para acesso rápido. A IA também é inteligente o suficiente para detectar apertos intencionais de acidentes, mesmo dentro de um caso.

A Google Lens parece incrível. Usando o reconhecimento de imagem, a Lens analisa a informação da imagem para fornecer insights acionáveis. Escanear uma etiqueta de álbum, por exemplo, traz mais informações sobre o artista. Tirar uma foto de um inseto pode pegar automaticamente o endereço de e-mail e o número de telefone, para que você possa ligar ou enviar uma mensagem sem digitar nada. Ou, você pode tirar excelentes fotos de férias sem se preocupar com coisas como a ortografia ao publicá-las no Facebook mais tarde; a Lens pode reconhecer e fornecer mais informações sobre isso mais tarde.

A precisão, de acordo com o Google, é superior a 95% melhor que os humanos.

A pré-venda do Pixel e do Pixel XL também começa hoje. Preços de US$649 na versão de 64GB e US$849 na versão de 128GB.

Daydream View

O Google anunciou o fone Daydream View hoje, em três cores. Sabemos que está chegando com títulos de 250 VR e incluirá conteúdo de vídeo como o YouTube VR, e que os donos do Pixel terão acesso aos filmes IMAX 3D gratuitamente. Há também uma função cast, para aqueles que não estão usando os fones possam ver em uma TV.  Vai custar US$99 e será lançado oficialmente em 19 de outubro.

fonte: The Next Web

Google Pixel Buds

Os Pixel Buds, apesar de não serem concorrentes dos AirPods parecem ser muito surpreendentes. Ao contrário dos AirPods, os fones de ouvido estão conectados em um único fio que fica no pescoço, eliminando assim a preocupação com a perda caso um deles caia.

fonte: The Next Web

Os controles estão no fone direito e, além do controle típico de volume e faixa, os Pixel Buds também oferecem acesso fácil ao Google Assistant.

Mas talvez a melhor coisa oferecida seja a tradução em tempo real oferecida pelos novos oradores. No palco, os apresentadores falaram em tempo real usando duas línguas diferentes e os Pixel Buds, quando conectados a um smartphone, traduziram do inglês para sueco (e vice-versa) em um auditório ruidoso em tempo quase real. Os Pixel Buds traduzirão mais de 40 idiomas.

Com a pré-venda começando hoje a um preço de US$159, o envio está prometido para Novembro.

Google Clips

A Clips é uma câmera a mãos-livres que se agarra em quase qualquer coisa. Parece uma GoPro, só que um pouco maior, mas cheio de IA à procura de disparos claros e estáveis e tentando reconhecer o assunto da imagem. Pega fragmentos, ou "Clips", para que você capture qualquer momento em uma imagem estável de alta resolução. Ou, se pode enviar para o Google Photos para marcar automaticamente os clipes em momentos simples.

fonte: The Next Web
A Clips chegará ao mercado "em breve" por US$249.

fonte: The Next Web




quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Uma estudante do ensino médio construiu uma estação de hackeamento ético para ajudar as pessoas com a segurança de dados



Uma estudante do ensino médio na Suiça construiu uma estação de "hackeamento" ético para ajudar as pessoas entenderem a importância da segurança de seus dados e informações pessoais.

fonte: The Next Web Crédito: Remo Eisner
O projeto se chama SpyPI e é exatamente isso: Uma estação de "hackeamento" ético (ou não) projetada especificamente para educar as pessoas sobre a importância da proteção de dados, colocando-as no lugar do invasor. O interessante não é a complexidade do projeto em si, mas o fato de ter sido constrúído por uma estudante de ensino médio, como um trabalho de conclusão do curso, necessário para receber o diploma final. O TNW entrou em contato com a estudante:

"Hoje em dia as tecnologias atendem às nossas necessidades de muitas maneiras que muitas vezes ignoramos os perigos", disse Sarah, uma estudante de 19 anos de Berna, Suíça e criadora da estação de "hackeamento". "Criei o SpyPi como parte do meu trabalho de formatura. A motivação por trás disso foi criar uma nova maneira de abordar a segurança dos dados ".

Adicionar legenda
Sarah percebeu uma tendência perturbadora como o público em geral trata questões de privacidade de dados. "As pessoas parecem sentir necessidade de segurança e privacidade de dados, mas atuam de forma descuidada ao mesmo tempo. É claro que são razões diferentes para tais comportamentos, mas é muito preocupante no entanto ".

O que voltou sua atenção para o tema da segurança de dados foi uma lei recentemente introduzida que ameaçava comprometer a privacidade dos internautas suíços em uma magnitude sem precedentes.

"Em 2015, a Suíça votou a nova lei Nachrichtendienstgesetz que permite que as agências de segurança e de inteligência coletem ainda mais dados, principalmente sob pretexto do terrorismo", disse ela à TNW.

"Durante a votação, o argumento de nada a esconder foi omnipresente. Fiquei chocado com a facilidade com que as pessoas abandonaram partes de sua privacidade sem questionar o todo. A lei foi adotada. Tive a impressão de que muitas pessoas votaram nela sem ter informações suficientes para lidar com o assunto".

fonte: The Next Web Crédito: Remo Eisner

Foi nesse momento em que a estudante astuta do ensino médio viu uma oportunidade de mudar as coisas para melhor.

Em vez de buscar tentativas inúteis para educar as pessoas "espalhando a palavra" ou inundando-as com folhetos pesados ​​de jargão, que ninguém lê, Sarah optou por uma abordagem que colocasse as potenciais vítimas no lugar do hacker, para que elas pudessem ver sozinhas como todos na internet, estão vulneráveis para as violações de dados.

"Uma vez que falar com pessoas não funcionou no passado, minha abordagem foi criar uma plataforma, que permitia que as pessoas entrassem em contato interativo com o tema", disse Sarah..

"Para as pessoas entusiasmadas com TI é uma tarefa desafiadora. Mas há uma coisa que muitas pessoas têm em comum: a fantasia da infância de se tornar um hacker ".

"É por isso que eu criei uma estação de hacking. O SpyPi deve permitir que as pessoas saibam por que manter os dados e salvar sua privacidade é importante para si mesmos ", continuou ela. "Para alcançar as pessoas em um nível emocional, criei diferentes programas / ataques, que afetam as esferas da vida diária de todos, como o pagamento, redes sociais e redes sem fio".

fonte: The Next Web Crédito: Remo Eisner
Com isso em mente, a Sarah criou cinco recursos principais no SpyPi para demonstrar as várias maneiras pelas quais os dados tornam vulneráveis ​​os usuários: um scanner de rede, um dicionário de força bruta, um coletor de dados mitproxy, um spooffer RFID e um Twitter minerador de dados.

O scanner de rede, por exemplo, foi programado para exibir informações prontamente disponíveis sobre sua rede e voltar sua atenção para certos pontos fracos facilmente detectáveis ​​em sua configuração de rede, para que você possa corrigi-los antes que um invasor os explore.

O dicionário de força bruta foi incluído para demonstrar como é fácil pegar senhas inseguras; O minerador de dados do Twitter, por outro lado, mostrou como agentes maliciosos podem coletar suas informações publicamente disponíveis e transformá-las em dados que revelam seus hábitos (on-line).

Um componente adicional que a estudante implementou na estação de invasão foi um USB assassino de autodestruição que fritaria a máquina, quando conectado a uma das suas portas.

No caso de você se perguntar, o SpyPi custou cerca de US$ 400 para montar. Entre outras coisas, Sarah usou um computador de placa única Raspberry Pi 3 B, uma mini-tela de 7 polegadas, uma solução de mouse/teclado mini e um leitor RFID RC-522.

Enquanto Sarah projetou o SpyPi para usos em white hat, ela não hesita em admitir que a ferramenta poderia ser usada com facilidade para fins malignos. Na verdade, ela parece assumir a mesma posição que Snowden sobre este assunto que é, em última análise, até o usuário decidir como usá-lo.

Tudo que ela conseguiu cumprir com o SpyPi foi criar a importância de manter a segurança adequada dos dados e os protocolos de privacidade de forma mais envolvente e pró-ativa e levando isso em conta, a estação de "hackeamento" parece fazer um trabalho bastante decente.

Aqueles que buscam saber mais sobre como a Sarah construiu o SpyPi podem encontrar mais detalhes na página oficial que ela criou para o projeto aqui. Há também uma documentação de 70 páginas (em alemão) para qualquer pessoa interessada em explorar mais profundamente os aspectos técnicos. Se quiser obter uma cópia, mande um e-mail para Sarah em spypi@gmx.ch.

fonte: The Next Web





terça-feira, 3 de outubro de 2017

Alguns rumores sobre o evento da Google em 4 de outubro



No próximo dia 4 de outubro, a Google vai anunciar novidades principalmente na linha de smartphones e algumas outras novidades. Lembrando que até agora só se tem rumores e alguns vazamentos.

fonte: The Next Web

Pixel 2 e Pixel 2 XL

As estrelas do evento será os dois novos smartphones, com processador Snapdragon 835, 4 GB de RAM e configurações de armazenamento de 64 GB / 128 GB. Eles têm um recurso de hardware quase exclusivo: um recurso 'Active Edge' permitirá que você aperte os lados para iniciar atalhos, como no HTC U11.




Parece não haver entradas para cartões microSD, mas em compensação, uma armazenamento maior no Drive, não terá fones de ouvido assim como o iPhone. O modelo menor está sendo construídos pela HTC e pode vir com bateira a partir de 2700mAh e virão com três cores: clearly white, just black, e kinda blue. Preços começando em US $ 649.

fonte: Teh Next Web Crédito: Droid Life
O modelo maior está sendo construído pela LG, com bateria de 35220mAh e viráa nas cores black e white, com preço inicial em US$849. Terá bordas ligeiramente curvas e relação tela-corpo de 80 a 85%. Nenhum rumor sobre as câmeras se serão duplas ou não.

fonte: Teh Next Web Crédito: Droid Life
O Google Lens, que permite que você use a  AR para reconhecer locais e objetos do mundo real, provavelmente será integrado diretamente na aplicação de câmera da Pixel.

Há rumores de um terceiro smartphone chamado Pixel Ultra, mas certos vazamentos parecem não ser confiáveis.

Novo Daydream Headset, Google Home Mini (e talvez um Max)

Um vazamento da Droid Life nos deu o primeiro vislumbre do Google Home Mini, que parece ser a alternativa do Google ao Echo Dot da Amazon. Custa apenas US$ 49 e virá em algumas cores diferentes, incluindo giz, carvão e coral.

fonte: Teh Next Web Crédito: Droid Life

Ele fará todas as coisas normais do Google Assistant, como a criação de lembretes, o tempo e o controle do seus dispositivos smart. Já o Home Max poderá ser um dispositivo com uma qualidade de som maior e talvez nem seja anunciado no evento.


Já o novo fone de ouvido Daydream VR, terá mais mais tecido e também virá em cores Carvão, Nevoeiro e Coral. Parece que custará US$ 99 em vez de US$ 79.

Google Pixelbook

Um novo chromebook que pode se tornar um tablet e uma caneta Pixelbook que pode ser opcional a venda por US$ 99 que é sensível tanto à pressão como à inclinação.

fonte: Teh Next Web Crédito: Droid Life
Espera-se que o Pixelbook venha em configurações de armazenamento de 128, 256 e 512 GB. No entanto, ele mantém o preço premium, com US$ 1199 para 128 GB, US$1399 para 256 e US$ 1749 para a opção de 512 GB.

Auscultadores habilitados para o Google Assistant

Com a remoção das entradas de fones de ouvido nos novos telefones Pixel, a empresa provavelmente irá enfatizar diferentes tecnologias em vez disso: USB-C e Bluetooth.

Rumores sugerem que o Pixel 2 incluirá fones de ouvido USB-C em certas regiões. Esses fones de ouvido têm o potencial de melhorar melhor graças ao uso de suas próprias otimizações de DAC e software, apresentando acesso fácil ao Assistente do Google.

Há rumores que a Google esteja trabalhando em um par de fones concorrentes ao AirPods, o que é uma tristeza.

Outros coisitas:

Não houve rumores para sugerir que a Google esteja fazendo um novo dispositivo de TV Android, para competir com a Apple TV.
O Android ainda é pobre em tablets e parece não haver alguma melhoria com o Android 8.0.
Espera-se que os novos telefones Pixel venham com o Android 8.1, embora a maioria dos telefones ainda não tenha 8.0. O Google Lens provavelmente exigirá que o Android 8.1 seja executado, por exemplo, e espera-se que o Google inclua algumas melhorias no áudio Bluetooth para compensar a falta de um fone de ouvido.
Uma novidade interessante é a nova 'Barra do Google' personalizável que permitirá que você altere a aparência do widget de pesquisa do Google, e inclui um botão para o Google Lens, bem como o microfone usual.

Agora só resta esperar o anúncio real das novidades!




segunda-feira, 2 de outubro de 2017

A madeira especial da sorte (tiras nostálgicas)



Mais tiras nostálgicas! A madeira especial da sorte é tudo que o Garfield poderia querer para a sua proteção e ter seus desejos realizados! As tiras abaixo foram publicadas em 1985, de 30/09/85 a 06/10/85. Divirta-se!




domingo, 1 de outubro de 2017

Criaram uma extensão no Chrome para bloquear tweets de 280 caracteres



Você acha o novo limite de 280 caracteres no Twitter irritante e excessivo? Saiba que você não está sozinho, tem um monte de gente e eu mesmo que odiou esse novo recurso e até mesmo uma extensão foi criada para o Chrome para bloquear isso.

fonte: The Next Web

A extensão se chama Block280, e como o nome sugere, ela bloqueia ou colapsa qualquer tweet com mais de 140 caracteres para que você não precise lê-los. Você pode tocar para reabri-los caso mude de idéia.

O criador da extensão, Conor Browne, disse na página do Product Hunt da extensão que ele foi inspirado por queixas que ele viu on-line sobre o limite de caracteres. Ele também é a pessoa por trás do Pokemon NO!, uma  extensão que bloqueou a menção de monstros de bolso durante o auge da mania "Pokemon GO" e um bloqueador de Game of Thrones, que tem efeitos semelhantes.

Confusamente, um  review da extensão no Product Hunt chamou isso de "imaturo e mesquinho, na melhor das hipóteses, e patológico no pior". O revisor passou a dizer:

"Ok, gênios desenvolvolvedores da internet por aí: façam uma extensão de navegador para usuários do twitter que escrevem demais, o que bloqueia automaticamente qualquer pessoa que esteja usando este Block280, quando sua chupeta se perder no caminho de um tweet longo."

Para ser sincero, essa mudança na minha humilde opinião, desvirtua tudo ao que se propõe o Twitter desde a sua fundação. Sempre encarei os 140 caracteres um desafio para ser o mais objetivo possível sem encher lingüiça. Quer escrever textão, crie um blog ou vá para o Facebook. E sim, já fiz um teste com a nova mudança e é horrível.

Vão acabar com a rede social mais legal e inteligente da internet...

fonte: The Next Web




sábado, 30 de setembro de 2017

Crazy Links #424 - Annihilation





E para vocês, posto 10 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:




sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Piadas de garganta



Que semana pra ser esquecida. Além de tosse e febre, uma dor de garganta que me derrubou e me deixou completamente sem voz. Como sempre, eu rio dos meus infortúnios, portanto abaixo algumas piadas sobre a garganta!




quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Como ativar os novos tweets de 280 caracteres no Twitter



Como já de conhecimento de todos, o Twitter está testando um novo formato que duplica o limite de 140 caracteres para 280, para que você possa ajustar mais livremente seus pensamentos em um único tweet.

fonte: The Next Web
O recurso está atualmente disponível apenas para usuários selecionados, mas há um pequeno truque na qual você pode obter esse espaço extra agora mesmo.

Tenha em mente que existem mais de uma maneira de fazer isso - nós pensamos que esta é uma das abordagens mais diretas e sem complicações; especialmente para usuários do Chrome. Então, aqui é como você faz isso:

Vá até o Tweetdeck em tweetdeck.twitter.com.
Vá em View, passe o mouse sobre o menu Desenvolvedor e selecione Ferramentas do desenvolvedor.
Encontre Fontes e clique na seta abaixo para acessar os "Snippets".

fonte: The Next Web
Depois de abrir os Snippets, clique no botão 'New Snippet' e copie / cole o seguinte código na janela vazia à direita.

fonte: The Next Web
Clique no botão Play abaixo para executar o snippet.
Pronto, agora você pode fazer tweets com 280 caracteres.


fonte: The Next Web

Entenda que este truque funciona apenas no Tweetdeck, o que significa que você terá que usar o cliente Tweetdeck para todos os seus tweets de 280 caracteres.

Atualização: a desenvolvedora Juliette Pretot desde então nos recomendou uma maneira ainda mais fácil de ativar os tweets de 280 caracteres. Descubra como aqui.

Agora você pode compartilhar suas reflexões malditas sobre a vida no dobro do espaço. Bem como essas pessoas aqui e seus tweets  incompreensíveis:



"Espere, então, como você sabe quando você pode fazer tweets com 280 caracteres ou não, isso é besteira absoluta e puta merda. Eu acho que posso realmente fazer tweet com 280 uau umm porra. Eles devem mudar essa merda de volta. Sério. Tenho tipo 70 caracteres restantes. Merda. Isso é horrível. 20 caracteres. Porra."



"aquela sensação de que o limite de 280 caracteres dá uma aflição
Você escreve seu tweet e merda,  percebe que ainda tem muitos caracteres restando

É como ... Não tenho idéia de como preencher este vazio... com Emojis? Nah ...

Veja sobre o que eu estou falando ... Eu simplesmente não sei como acabar com este tweet, aguarde quase aí sim!"


"Veja quanto tempo meus tweets podem ter, agora tenho a capacidade de fazer tweets com duzentos e oitenta caracteres. Isso me dá poder muito novo para fazer tweets sobre muitas coisas, importantes e nem tanto. O que você faria com tweets de 280 caracteres. Deus proibiu @realDonaldTrump de fazer isso. # 280caracteres"

Uma nova era se inicia com este novo recurso e esperamos que implementem a capacidade de editar os tweets, que pode ser o próximo na agenda. Todos querem isso.

fonte: The Next Web




Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.