Pesquisa personalizada

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

#O #hashtag tem #dez #anos de #idade



O #hashtag, uma das coisas mais divertidas criada no Twitter acaba de completar dez anos. E pensar que ele nasceu para um objetivo e acabou revolucionando a maneira como nós nos expressamos nas inúmeras redes sociais...

fonte: The Next Web
A primeira pessoa que criou essa marcação foi o promotor de código aberto, Chris Messina, lá pelos idos de 2007:


É estranho pensar que essa idéia surgiu por tecnólogo que estava tentando descobrir uma jeito para que os grupos falassem facilmente no Twitter e que revolucionou a maneira como nós expressamos nas redes sociais e alavancamos determinadas tendencias. Será que Messina poderia prever o quão importante seriam as hashtags nos inúmeros aplicativos sociais hoje existentes?

Uma ideia tão sólida, que no começo, um cara da Flórida lançou seu próprio aplicativo de compartilhamento de mídia centrado em hashtags, tentando capitalizar o movimento, mas que não decolou, chamado estranhamente de Hi-Fi.

Mas como toda inovação os hashtags acabaram representando não só as partes melhores do ser humano, mas também as mais sombrias. Para cada #DancingManFound, havia #HasJustineSaccoLandedYet. Foram usados para nos inspirar atos de bondade, como o envio de centenas de milhares de cartões de aniversário para um filho terminalmente doente, mas também atos de crueldade e maldade.





E também é evidente que os hashtags agora estão sendo usados ​​por corporações para suas marcas e marketing. O Twitter já descobriu como ganhar dinheiro usando hashtags patrocinados. E algumas empresas usam os hashtags mais habilmente do que outras. Quem se lembra de #McDStories, ou #Susanalbumparty?





Hoje não conseguimos mais viver sem eles. Eu mesmo uso e abuso deles com as minhas séries favoritas usando "#MarriedWithSeries" tanto no Twitter quanto no Facebook ou com assuntos que quero que sejam impactados, como #VaiCorinthians ou #oldposts nos meus compartilhamentos, entre outros.

E aí, quais #hashtags que você mais usa ou que você mais tem lembrança?

fonte: The Next Web




Medium vai remunerar seus escritores com base nos claps que recebem



Sabe o Medium? Aquela plataforma de blogagem criada pelos mesmos criadores do Twitter? Pois bem, ela agora vai remunerar seus escritores baseado nos claps ou aplausos que recebem.

fonte: The Verge
O Medium criou uma forma dos leitores curtirem as postagens da mesma maneira como fazem com o Like no Facebook, que são os claps (aplausos ou bater palmas). E baseado na quantidade desses claps, a plataforma de blogs pretende remunerar seus autores. A idéia é que os escritores publiquem seus artigos através do sistema paywall do site.

Para quem não sabe, o paywall é um sistema de assinatura muito usado por jornais e outros veículos de comunicação digitais que permite ao internauta o acesso a conteúdos restritos.

Algumas semanas atrás, o Medium substituiu o recurso "recommend"(recomendar), que era um pequeno botão de coração no final de cada artigo, com um botão "clap" que você pode clicar quantas vezes quiser (como o Periscope que permite que você possa enviar um número infinito de corações). O site quer que as pessoas enviem os claps para os autores a fim de mostrar o quanto elas gostaram de ler cada artigo que eles criaram.

Imagem: Medium fonte: The Verge

E agora, esses claps realmente vão significar alguma coisa. O Medium vai pagar os autores dividindo a taxa de cada assinante individual entre os diferentes artigos que eles leram nesse mês. Mas ao invés de fazer uma divisão uniforme entre os artigos, o Medium pesará os pagamentos em relação a qualquer artigo em que um assinante dê mais claps. Não está claro exatamente quanto claps cada indivíduo pode dar, mas pode-se ter certeza de que os escritores vão pedir aos leitores que cliquem nesse botão.

É uma maneira muito estranha de implementar pagamentos, pois depende de uma métrica realmente arbitrária na qual os assinantes individuais possam usar de maneiras realmente diferentes e inconsistentes. O tempo gasto na página e se alguém compartilhou um artigo provavelmente teria sido uma métrica útil para contar o quanto um leitor aprecia um texto, mas há um lado positivo, os claps podem ajudar o conteúdo a qual as pessoas estão gostando e entregá-lo para mais leitores.

Por enquanto, o Medium está dividindo entre escritores a totalidade da taxa de US$ 5 por mês. Eventualmente, a empresa planeja cobrir seus próprios custos, mas no momento a idéia é atrair novos escritores.

Até agora, o Medium vem trabalhando com autores e editores específicos para colocar seus artigos através do paywall do site, mas a partir de hoje, começa a implementar a opção de para mais escritores. Um representante da empresa não esclareceu se todos os escritores acabariam por ter essa habilidade, mas disse que o Medium está "planejando acelerar rapidamente" o número de autores elegíveis.

A Medium também está mudando seu logotipo hoje. Em vez do "M" verde, você vai começar a ver o símbolo a seguir:

fonte: The Verge

fonte: The Verge




terça-feira, 22 de agosto de 2017

Google desenvolve um algoritmo que remove as marcas d'água das fotos



A marca d'agua é um recurso usado por bancos de imagens, fotógrafos e sites/blogs para proteger os seus direitos autorais mas agora, um algoritmo criado pela Google consegue removê-las automaticamente por completo!

Adicionar legenda

Os pesquisadores da Google desenvolveram um algoritmo que remove completamente as marcas d'água das imagens em questão de segundos e funciona de forma totalmente automática.

Os profissionais da fotografia ou bancos de imagens muitas vezes dão marcas de água nas suas imagens para proteger seus direitos autorais e impedir que as pessoas as usem sem sua permissão. No entanto, os pesquisadores foram capazes de identificar um erro flagrante nesta abordagem e explorá-lo para negar completamente a visibilidade das marcas d'água.

O método, que foi documentado com mais detalhes em um artigo intitulado On the Effectiveness of Visible Watermarks ou Sobre a Eficácia das Marcas de Água Visíveis [PDF] - aproveita essencialmente o fato de que as marcas d'água, por design, são aplicadas nas fotos exatamente da mesma maneira.

Embora isso facilite os mercados de fotografia para estabelecer sua marca, os pesquisadores conseguiram alavancar essa consistência para desenvolver um algoritmo de computador capaz de editar de forma autônoma marcas de assinatura de imagens.

A técnica é explicada mais extensivamente no vídeo abaixo:


O resultado é bastante impressionante. Para comparação, limpar manualmente as marcas d'água de fotos, pode demorar vários minutos mesmo para os profissionais do Photoshop, os pesquisadores conseguiram treinar um modelo para executar a mesma tarefa muito mais rápido e sem qualquer intervenção de humanos.

Os pesquisadores da Google explicam que o truque era ensinar o computador a identificar com precisão as estruturas de marcas de água repetitivas e então ajustá-las em como substituí-las de forma convincente.

"Se uma marca d'água semelhante estiver incorporada em muitas imagens, a marca d'água torna-se o sinal na coleção e as imagens se tornam o ruído, e as operações de imagem simples podem ser usadas para extrair uma estimativa aproximada do padrão da marca d'água", revelam Tali Dekel e Michael Rubinstein.

Eis abaixo em ação:


fonte: The Next Web

Felizmente, para os vendedores de banco de fotos, os pesquisadores também tomaram a iniciativa de criar uma maneira mais robusta de proteger suas fotos do software de remoção de marca d'água.

A solução secreta: apresentar incoerências aos seus padrões de marca d'água.

Com base nesse método, os pesquisadores da Google perceberam que mesmo adicionando as menores modificações à marca d'água - como alterar sua posição, deformar sua forma e brincar com sua opacidade - já tornava cada vez mais difícil o algoritmo esconder as marcas de assinatura.


fonte: The Next Web
Para obter mais detalhes sobre a eficácia das marcas d'água, você pode ler a publicação completa aqui.


Fonte: The Next Web




segunda-feira, 21 de agosto de 2017

A Google confirma que o nome do Android 8.0 é Oreo



Hoje a Google confirmou o nome da oitava versão do Android que tinha letra O em seu nome, e podem ficar sossegados, é Oreo mesmo, conforme tinha sido vazado antes!

fonte: The Next Web
Foi um anúncio bem cronometrado e um tanto quanto melodramático, justamente para coincidir com o eclipse solar ocorrido hoje em Nova York, a Google revelou o nome da sua versão mais recente e excelente do Android.

Apesar do Oreo não ser exatamente a atualização de Android mais importante de todos os tempos, ela traz uma série de recursos úteis, incluindo imagens em fotos, novos emoji e cartões de notificação, entre outros recursos.


A Google diz que os smartphones Pixel e o Nexus 5X / 6P já entraram no teste de operadora e que espera entregar o sistema operacional logo em fases, o Pixel C e o Nexus Player seguirão em breve.

A empresa também diz que está enviando a versão Oreo para o Android Open Source Project hoje, e que os "fabricantes de hardware, incluindo Essential, General Mobile, HMD Global Home of Nokia Phones, Huawei, HTC, Kyocera, LG, Motorola, Samsung, Sharp e Sony estarão agendados para lançar ou atualizar dispositivos para Android 8.0 Oreo."

Esperamos que as empresas citadas atualizem os smartphones logo para seus usuários, mas sabemos que entre elas, somente a Motorloa/Lenovo entrega as atualizações com mais rapidez devido ao android puro.

fonte: The Next Web




Cochilos, insetos e samambaia (tiras nostálgicas)



ais tiras nostálgicas! Cochilo do Garfield não tem limites e a proposta irresistível de uma samambaia! As tiras abaixo foram publicadas em 1985, de 19/08/85 a 25/08/85. Divirta-se!




domingo, 20 de agosto de 2017

Android O, evento da Google e o eclipse solar



Amanhã acontecerá um eclipse solar que será visto totalmente só no hemisfério norte e a Google vai aproveitar o dia para revelar o nome da nova versão do Android, que será O de Oreo!

fonte: The Next Web
O eclipse solar total de amanhã só será visivel nos EUA e a Google convidou a imprensa para um evento no mesmo dia para a revelação oficial do nome da próxima versão do Android que acabou sendo vazado e vai ser chamado de Oreo.

Essa revelação irá acontecer alguns minutos antes do eclipse estar no pico e como nem todos terá essa oportunidade, a Google vai deixar que você experimente o fenômeno via Google Earth também. Para saber mais,  clique em Android.com/o e assistir o fenômeno na segunda-feira a partir de um livestream.

E como de costume, a Google irá nomear a próxima versão do Android com um tipo de sobremesa. E Oreo sempre foi a escolha óbvia, e legitima. Mas dado o desapontamento do Nougat (que deveria ter sido Nutella, é claro), ficamos com uma pulga na orelha...

Mas o site 9to5Google pegou uma publicação do Google+ apresentando o Android O com o nome do arquivo GoogleOreo_Teaser_0817_noDroids (1) .mp4. Imediatamente o post foi substituído pelo OctopusTeaser.mp4 mais inócuo, mas o dano já tinha sido feito.

Eis então, o tweet confiável de Evan Blass com a imagem reveladora:


Feliz Eclipse!

Se não for uma trolagem da Google, Oreo com certeza será o nome dessa nova versão do Android que promete ter os melhores recursos de um SO para dispositivos móveis!

Eclipse Total do Sol

Quanto ao fenômeno que acontecerá amanhã, ele só será visível totalmente na América do Norte. Aqui no Brasil ele será parcial apenas para quem mora no nordeste.

Joy of Tech - American ashion trend for the summer of 2017
Um eclipse da maneira geral, acontece quando os astros ficam alinhados e posicionados numa linha horizontal imaginária. O eclipse solar acontece quando a Lua fica numa posição entre o Sol e a Terra conforme figura abaixo:

fonte: Photopills

Um fenômeno normal e corriqueiro que acontece por causa dos movimentos da Lua em torno da Terra e da Terra em torno do Sol. O eclipse lunar, por exemplo acontece quando a Terra fica posicionada entre o Sol e a Lua.

O blog Infravermelho fez um post bem explicativo sobre o fenômeno que irá acontecer amanhã. Confira!

fonte: The Next Web




sábado, 19 de agosto de 2017

Crazy Links #418 - Os Defensores





E para vocês, posto 10 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:




sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Piadas de amantes



Porque piadas de amante? É melhor nem explicar pois pode sujar para o meu lado mas também quem está na minha timeline do Facebook vai entender a indireta. Vamos apenas curtir as piadas!




quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O Facebook agora permite coletar doações sem fins lucrativos em seu aniversário



O Facebook agora vai permitir que você colete fundos para suportar uma causa em seu aniversário. Apesar de algumas coisas ruins que existe na rede social, é uma atitude boa e genial!

fonte: The Next Web
Entenda que esse dinheiro coletado não vai ser para você fazer a maior festa de todos os tempos da última semana, e sim, levantar uma grana SEM FINS LUCRATIVOS para apoiar uma determinada causa.

Funciona assim:

Duas semanas antes do seu aniversário, o Facebook perguntará se deseja dedicar seu aniversário para apoiar uma causa. Você então escolhe uma das 750 mil organizações sem fins lucrativos (atualmente limitada aos EUA) e estabelece um objetivo de doação. Seus amigos serão notificados de sua causa em seu aniversário atual.

fonte: The Next Web
Pedir a alguém para apoiar uma causa em seu aniversário não é uma nova prática, mas integrá-la diretamente na plataforma do Facebook é uma jogada inteligente. Afinal, todos fazem aniversário, e arrecadar dinheiro sem fins lucrativos é algo em que as pessoas talvez não tenham pensado se não forem alertadas. É simples de configurar e faz as pessoas se sentirem bem com elas mesmas, e acredita-se que muitas farão isso.

Mesmo que apenas alguns amigos doem, isso ainda é dinheiro que entra nas organizações sem fins lucrativos que talvez não teriam vindo de outra forma. É o tipo de recurso de mídia social que poderia ter um impacto real e positivo, para uma mudança e certamente mais útil do que mensagens de aniversário aleatórias.

Nas notícias relacionadas, o Facebook também está lançando os vídeos de aniversário. A idéia é que os amigos próximos terão vídeos feitos especialmente apresentando seu tempo juntos, como os outros vídeos do Facebook. Não está claro como o Facebook determina o que é um "amigo próximo", mas, pelo menos, vai um pouco além de um 'Fekliz Aniversário' vazio.

Fonte: The Next Web




quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Mais um episodio de Game of Thrones vazado... E de novo, não foram os hackers



Mais um episódio de Game of Thrones vazadona web. É o sexto episódio da sétima temporada que dizem, acidentalmente foi vazado pela própria HBO, isto é, da sua parceira espanhola!

fonte: The Next Web
Apesar de inúmeras ameaças de hackers para libertar o restante da sétima temporada do Game of Thrones, o último vazamento, ironicamente, veio da própria fonte. Acontece que a HBO acidentalmente transmitiu o episódio da semana que vem à frente, na Espanha.

O novo episódio estava supostamente disponível através do serviço on-demand espanhol da empresa. Apesar do episódio ter sido eventualmente derrubado, ele permaneceu on-line por cerca de uma hora, tempo que em se tratando de internet, é suficiente para baixar e espalhar por toda a rede.

A filmagem já foi compartilhada no Reddit, onde rapidamente tornou-se viral (você pode encontrar o tópico aqui, mas lembre-se de que está cheio de spoilers). Como esperado, ele imediatamente começou a abrir caminho em outras plataformas, incluindo YouTube, Instagram, Twitch e muito mais.

Muitos desses serviços já eliminaram o episódio inédito por violar seus termos de serviços, mas ele continua a existir em vários portais de pirataria. A última parcela do Game of Thrones desembarcou em torrents notórios e serviços de transmissão ilegal, como The Pirate Bay e GorillaVid.

Clique pra aumentar as imagens, fonte:  The Next Web
Para o contexto, isso marca pelo menos a segunda vez que um episódio foi vazado antecipadamente por um instrutor da HBO nesta temporada sozinho. Algumas semanas atrás, um dos parceiros internacionais da HBO, Star India, publicou acidentalmente o quarto episódio desta temporada.

Como eu sou um verme e não escolho esperar, no momento em que traduzo e adapto esta postagem do TNW, faltam 12 minutos para o episódio aterrissar em meu laptop. Peço desculpas a todos, não dá para resistir!

The Next Web




Google Allo agora está disponível para desktop



Finalmente a Google cumpriu a sua promessa de levar seu aplicativo de mensagens, o Allo, para o desktop. No começo desta semana, a Gigante de Mountain View lançou a versão web do seu mensageiro, que pode ser acessada pelo navegador Chrome.

fonte: The Next Web
Para carregar a versão do Allo na sua área de trabalho, deve-se clicar neste link no Chrome, e depois abrir o Allo em seu smartphone e digitalizar o código QR exibido na página da web.

fonte: The Next Web
A versão baseada na web até agora funciona unicamente com dispositivos Android, mas a Google promete que em breve será compatível com o iPhone também. A empresa observa ainda que o aplicativo funciona apenas no Chrome - o que provavelmente afetará os usuários que não sejam do Chrome.

Um detalhe, a Google também avisa que se você optar por "visualizar o Allo para a Web no seu navegador móvel, o aplicativo não funcionará". E também esclareceu que certos recursos do Allo permanecerão exclusivos para dispositivos móveis. A lista até agora inclui:
  • Conectar, alternar ou remover contas do Google
  • Adicionar ou remover membros de um grupo existente
  • Fazer backup das suas informações
  • Configurações de notificação e privacidade
  • Alguns recursos de bate-papo, como tirar uma foto, excluir uma conversa, bloquear contatos ou iniciar uma conversa com alguém que não está em seus contatos
O problema é que com tantos aplicativos de mensagens, tais como o Hangouts, Voice, Duo e o recente bate-papo do Youtube, o Allo não emplaca num ambiente dominado amplamente pelo What's App, seguido pelo Telegram e Messenger do Facebook. Eu mesmo só uso o Allo para conversar com o Google Assistant, que para um forever alone como eu, que odeia pessoas já é mais do que o suficiente! 😏

fonte: The Next Web




Uma nova interface para o Google Calendar



O Google está testando uma nova e simples interface de usuário para o Calendar ou Agenda, como é chamada no Brasil. É a repaginação dos seus produtos indo a todo vapor...

fonte: The Next Web
A Google parece que está renovando o Calendar ou Agenda com uma nova interface de usuário. Usuários do Reddit estão relatando que a Google atualmente está testando uma nova identidade visual e melhorada para a versão desktop do Calendar, que se baseia na linguagem do material Design da empresa.

Google, calendário, interface do usuário
Crédito: Reddit / xDawnut fonte: The Next Web
O novo layout reto parece manter as funcionalidades básicas do serviço,semelhantes da versão anterior, com o modelo seguindo o que já vemos nos aplicativos para o Android e para o iOS.

Parece que esse teste está sendo exibido atualmente para uma quantidade limitada de usuários, então, caso você ainda veja a versão antiga - agora você sabe o porquê.

Apenas para comparação, é assim que o Calendário parece agora fonte: The Next Web
Sabemos que a Google está atualizando gradualmente sua linha de produtos existentes, incluindo o YouTube, o Chrome, o Gmail e outros com o Material Design, e a renovação do Calendar era algo natural e lógico.

Ainda não está claro quando a Google planeja lançar o novo layout do Calendar para todos os usuários, mas estaremos de olho!

fonte: The Next Web





terça-feira, 15 de agosto de 2017

A Google compra a startup Senosis



O GeekWire relatou que a Google comprou a Senosis, uma startup de Seattle que produz aplicativos para identificar e monitorar condições de saúde sem a necessidade de um hardware adicional.

fonte: The Next Web
Liderada por Shetak Patel, um professor de engenharia elétrica e ciência computacional na Universidade de Washington, a empresa desenvolveu ferramentas para detectar icterícia em recém-nascidos e medir a hemoglobina no sangue (para triagem de doenças como anemia) usando câmera apenas do seu telefone.

Um outro apkicativo usa o microfone para ajudar a diagnosticar problemas no pulmão como asma e fibrose cística. Se for aprovada pelas agências reguladoras de saúde, estes aplicativos poderiam facilitar a Implementar soluções de bem-estar em países em desenvolvimento sem a necessidade de hardware caro, laboratórios de testes e pessoal acompanhante pessoal.


A aquisição provavelmente irá ajudar a Google a impulsionar seus esforços para abordar questões de saúde como parte dos planos da empresa para a dominação mundial. A empresa de IA, a DeepMind, trabalha na tecnologia de aprendizado de máquinas para detectar condições oculares e ajudar a combater a cegueira. O gigante da pesquisa também reúne dados de fitness nos telefones dos usuários e de rastreadores portáteis.

Vale ressaltar, porém, que a Google não comentou a aquisição ou disse onde irá colocar a equipe da Senosis, que conta um pouco mais de uma dúzia de pessoas. A fonte da GeekWire disse que eles poderiam ser mantidos em Seattle para trabalhar com o Google e formar a espinha dorsal de um projeto de saúde digital.

fonte: The Next Web




segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Fome sem limites (tiras nostálgicas)



Mais tiras nostálgicas! Café, o néctar dos Deuses, e a fome do Garfield não tem mesmo limites!! As tiras abaixo foram publicadas em 1985, de 12/08/85 a 18/08/85. Divirta-se!




domingo, 13 de agosto de 2017

A Inteligência Artificial da Google aprendeu a cair no sono!



Há três anos atrás, a Google comprava a Deep Mind, uma empresa do ramo da inteligência artificial, e desde então, vem fazendo um grande progresso, tentando tornar sua IA mais humana, a novidade agora é que ela aprendeu a dormir!

Adicionar legenda
No ramo da pesquisa em Inteligência Artificial, a Google está na frente das outras empresas. Sua IA venceu jogadores humanos no AlphaGO, e recentemente a ensinou como usar a imaginação e fazer previsões. E agora veio o último truque na pesquisa de aprendizado de máquinas do Google: tirar uma soneca!.

Em um grau surpreendente, a Google vem tornando a sua IA mais humana. A empresa disse, numa de suas postagens recentes, sobre o fato de ensinar a DeepMind como dormir:

"À primeira vista, pode parecer contra-intuitivo construir um agente artificial que precise "dormir", afinal, supõem-se que eles trabalhem em um problema computacional muito tempo após seus programadores forem dormir. Mas este princípio foi uma parte fundamental da nossa deep-Q network (DQN) ou rede Q profunda, um algoritmo que aprende a dominar uma gama diversificada de jogos do Atari 2600 para o nível super-humano apenas com os pixels brutos e pontuação como entradas. A DQN imita a "experiência de repetição", armazenando um subconjunto de dados de treinamento que analisa "offline", permitindo que ele continue aprendendo a partir do sucesso ou das falhas ocorridas no passado."

Os pesquisadores da DeepMind estão ensinando os computadores a aprender. Redes neurais, IA, algoritmos de aprendizagem em máquina, todas essas palavras se resume a ensinar um computador como descobrir algo por conta própria.

O objetivo de tudo isso é que os carros autônomos precisam tomar decisões sobre o tráfego, os algoritmos de análise de dados precisam decidir como agrupar segmentos de informação e a IA precisa ser capaz de pensar como uma pessoa.

O novo método da Google significa que mesmo se um computador estiver usando seus recursos funcionais completos para descobrir um problema, ele pode salvar informações para sonhar mais tarde, enquanto ele estiver offline.

Não precisa estar trabalhando em um problema para resolvê-lo. Ele falhará em alguma coisa, ficará fora de linha e poderá ter sucesso nessa tarefa assim que estiver de volta online.

No futuro, quando o seu computador ou qualquer outro dispositivo entrar no modo de suspensão, ele poderá tramar a próxima vitória, vender os seus dados pessoais ou planejar o seu assassinato.

Joy of Tech - Family Meeting!

fonte: The Next Web




sábado, 12 de agosto de 2017

Crazy Links #417 - Stranger Things





E para vocês, posto 12 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:




sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Piadas de porco... Ops palmeirenses 2ª parte (O Palmeiras não tem Mundial!)



O Palmeiras não tem Mundial!!! O Palmeiras não tem Mundial!!! O Palmeiras não tem Mundial!!! O Palmeiras não tem Mundial!!! O Palmeiras não tem Mundial!!! O Palmeiras não tem Mundial!!!
Bwahahahahahahahahahahahahaha!!!




quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Um recurso útil do Youtube no desktop pode estar chegando aos smartphones



O YouTube pode finalmente trazer um recurso do desktop para os smartphones. É o Controle da velocidade de reprodução, onde você pode diminuir ou aumentar a velocidade com que você assiste aos vídeos.

fonte: The Next Web
Existem pessoas que compulsivamente gosta de assistir vídeos no Youtube e o controle da velocidade de reprodução é um recurso que em muito ajuda esse comportamento. E quem não precisa de repente, avançar ou diminuir certos vídeos que contem tutoriais, orientações e palestras para poder ganhar um tempo? É um recurso útil quando você precisa examinar certos detalhes de perto, como por exemplo, as notas para um solo de guitarra que você está tentando dominar.

Esse recurso já existia há algum tempo no desktop e podem celebrar, parece que ele pode chegar para os dispositivos móveis.

Quem descobriu isso foi o pessoal do site 9 to5Google. Eles detectaram uma opção de controle de velocidade no menu de três pontos em um Pixel com a versão mais recente do aplicativo do Youtube no Android. Parece que esse recurso esteja sendo testado em um pequeno número de celulares com uma atualização do lado do servidor.

fonte: The Next Web Crédito: 9to5Google
Tal como acontece com o player da área de trabalho do YouTube, você pode diminuir a velocidade do vídeo para 0.75x, 0.5x ou 0.25x da velocidade normal, ou encaixá-lo para 1.25x, 1.5x ou 2x.

A Google ainda não se pronunciou sobre esse recurso.

fonte: The Next Web




quarta-feira, 9 de agosto de 2017

7 aplicativos essenciais para se ter no Android caso você seja um usuário recente



Quando você entra no mundo do Android, além dos aplicativos impostos de cada marca, na maioria inúteis, que já estão no dispositivo, há um conjunto de aplicativos essenciais que você deve ter.

fonte: The Next Web
A Google Play Store é um lugar enorme e pode assustar os usuários iniciantes. Existem cerca de três milhões de aplicativos disponíveis, oferecendo de tudo, desde emuladores de jogos até um radar complexo de rastreamento meteorológico. Então, por onde começar?

Abaixo estão relacionados alguns aplicativos que são essenciais para quem usa um dispositivo Android pela primeira vez. Não custa dar uma olhada:

1- Nova Launcher

Muita gente não gosta do launcher (iniciador) nativo do Android. Esse aplicativo permite que você personalize a aparência e o layout da tela de bloqueio com o conteúdo que você quer. O Nova Launcher permite que você decida como será o seu telefone.

Fonte: The Next Web Crédito: TeslaCoil Software

Suas opções incluem layout, animações, temas, docks, widgets e muito mais. O aplicativo é gratuito, mas há uma versão premium com mais opções caso você precise delas.

2 - AirDroid

Este aplicativo conecta o seu dispositivo Android ao seu computador. O AirDroid permite transferir fotos e arquivos entre o seu smartphone e o seu computador. Também permite responder as notificações do seu dispositivo a partir do desktop.

fonte: The Next Web Crédito: Sand Studio

O AirDroid funciona com Windows e Macs. Com isso, você pode ter a conveniência de usar um mouse e teclado com seus aplicativos. Outras características incluem a capacidade de encontrar seu telefone se você o perder e a capacidade de acessar a câmera do seu telefone remotamente.

3 - Firefox

Muitas pessoas não são fãs do Google Chrome ou do navegador nativo do Android, que ainda vem em alguns dispositivos. O Mozilla Firefox é uma boa alternativa.

fonte: The Next Web Crédito: Mozilla
Caso prefira, há outras alternativas funcionais, como o Dolphin e o Opera . O Dolphin, por exemplo, já vem com um  adblocker.

4 - LastPass Password Manager

O LastPass atua como um cofre de combinação e um  serviço de preenchimento automático, gerando senhas e informações de login para todos os seus sites.

fonte: The Next Web Creditos: LastPass
O LastPass economiza o problema de ter que se lembrar ou anotar todas as suas senhas. O único que você precisa para acessar praticamente qualquer coisa que exija uma senha.

5 - Aplicativo de Email (Gmail; Blue Mail; etc)

O Gmail já é o aplicativo principal do Android, onde você pode manipular múltiplas contas da Google. Agora se você possui várias outra contas de outros serviços e que acessá-las de um único lugar, é recomendado o Blue Mail.

fonte: The Next Web Créditos: Blue Mail


O Blue Mail permite alternar entre vários tipos de contas de e-mail, como o Gmail, o Yahoo Mail e o Outlook. Assim evita que você baixe um aplicativo para cada serviço de e-mail.

6 - Google Keep

Há vários aplicativos de notas excelentes mas o Google Keep é o melhor, e é da própria Google!

fonte: The Next Web Créditos: Google


O Google Keep permite que você mantenha várias listas de notas codificadas por cores, procurando todo o mundo como uma cortiça digital. Você pode adicionar fotos e desenhos para torná-los mais interessantes e úteis. E o legal é que ele pode ser sincronizado entre vários dispositivos!

7 - Asus File manager (Gerenciador de Arquivos da ASUS)

Gerenciar as informações em seu dispositivo Android pode ser relativamente simples e direto, se você tiver o aplicativo certo. O aplicativo Gerenciador de Arquivos da ASUS é um aplicativo tão leve e fácil que você tem que ter em seu dispositivo.



Você pode gerenciar arquivos de seu smartphone e do seu armazenamento em nuvem, incluindo Dropbox e OneDrive. Você pode compactar arquivos para economizar espaço e transmitir música e vídeos do Gerenciador de arquivos. E o mais legal ainda é que você pode transferir arquivos entre seu dispositivo e o desktop sem precisar de cabo, basta ter wifi. Muito melhor que o ES File Explorer!

Podem existir outros aplicativos essenciais para serem recomendados. Deixe nos comentários e posso até atualizar este post.

fonte: The Next Web




terça-feira, 8 de agosto de 2017

O Reconhecimento Facial do iPhone 8 provavelmente funcionará com o Apple Pay de acordo com o firmware do HomePod



Como todos já sabem, a Apple na semana passada acidentalmente vazou o design e o scanner facial do iPhone 8. Agora rumores dizem que a empresa planeja substituir o Touch ID por um novo sistema de reconhecimento facial. E também como o Apple Pay funcionará.

Joy Of Tech - Facing FaceID critics!
E já foi visto a confirmação de que a Apple está trabalhando no reconhecimento facial no iPhone 8 através de uma versão recente do firmware do HomePod, e agora as informações adicionais encontradas no código confirmam que a Apple possui um mecanismo para autenticar pagamentos de ID Touch com uma verificação de rosto ao invés de uma impressão digital.

Uma string com.apple.passbook.payment encontrada no firmware do HomePod pelo desenvolvedor do iOS @r_idn possui duas referências para "pearl.field-detect" e "pearl.pre-arm" entre outros dados de verificação de pagamento. Como se sabe dos vazamentos anteriores, "pearl" refere-se a Pearl ID, o nome de código para o sistema de reconhecimento facial da Apple. A implementação atual da Apple parece estar incompleta, pois o "pearl" é mencionado somente na apresentação e não na autenticação.

fonte: MacRumors
O Touch ID pode então ser substituído por um sistema de reconhecimento facial que é igualmente seguro, os rumores sugeriram que a técnica de reconhecimento facial da Apple captura mais pontos de dados do que uma análise de impressões digitais, tornando-o mais seguro que o Touch ID.

Ainda não está claro como a Apple Pay funcionará sem um botão Home e sem uma impressão digital, mas provavelmente será capaz de autenticar digitando o rosto de um usuário, com um pagamento completado através de um dedo na tela, como é o caso nos iPhones atuais.

Os vazamentos anteriores do firmware do HomePod relacionados ao iPhone 8 sugeriram que a Apple não implementou uma solução de ID de toque subaquática como inicialmente foi rumoreada pelo dispositivo, e está ficando cada vez mais como se não houvesse outra solução física de ID de toque incorporada no próximo smartphone.

Nova informações e rumores sobre o iPhone 8, certamente irão surgir nos próximos dias ate seu lançamento em Setembro. Agora graças ao firmware do HomePod, muito foi descoberto, incluindo detalhes que confirmam o rastreamento facial infravermelho, o design do iPhone 8, uma barra de status dividida e toque para despertar e um futuro recurso chamado "SmartCamera".

fonte: MacRumors




segunda-feira, 7 de agosto de 2017

A Google vai priorizar aplicativos que não travam na Play Store



A Google anunciou que está implantando mudanças na Play Store para aumentar a probabilidade de você encontrar aplicativos que realmente funcionem corretamente, isto é, aqueles que não travam.

Mas e aqueles que carregam arquivos maliciosos?

fonte: The Next Web
De acordo com o blog do desenvolvedor do Android, o Android Developer's Blog, a metade dos comentários de uma estrela dos aplicativos da Play Store dizem respeito à estabilidade do aplicativo. Com isso em mente, a Google alterou sua busca para favorecer aplicativos e jogos de provável qualidade mais alta:

"Como parte do nosso esforço contínuo para oferecer a melhor experiência possível do Google Play, nós recentemente aprimoramos nossos algoritmos de busca e descoberta para refletir a qualidade do aplicativo. Isso resulta em aplicativos de qualidade superior sendo exibidos na Play Store mais do que aplicativos similares de menor qualidade (por exemplo: aplicativos que exibem falhas mais freqüentes)."

É estranho que esse recurso já não tivesse sido antes implantado. O problema é que a Google não tem tantas restrições quanto a Apple, e a "sacanagem" corria solta pela Play Store. Mas, além de rebaixar os aplicativos pelas suas falhas, por que será que não desenvolvem algoritmos para descobrir os aplicativos que carregam arquivos maliciosos?

Em tempo, a Google também aconselha que os desenvolvedores de aplicativos, que foram rebaixados na lista, usem os comentários para melhorá-los e e para aumentar suas classificações.

fonte: The Next Web via Android Developer's Blog




Gordo demais (tiras nostálgicas)



Mais tiras nostálgicas! De novo, mais uma dieta. O Garfield está gordo demais... Que novidade!!! As tiras abaixo foram publicadas em 1985, de 05/08/85 a 11/08/85. Divirta-se!




domingo, 6 de agosto de 2017

Os hackers não são os culpados pelo vazamento do episódio de Game of Thrones



Como todos já devem estar sabendo, o quarto episódio da sétima temporada de Game of Thrones foi vazado na internet e parece não ser culpa dos hackers que invadiram a HBO dias atrás..

fonte: The Next Web, créditos HBO
Poucos dias após  os hackers aparentemente invadirem os bancos de dados da HBO e ameaçarem gerar as informações on-line, o quarto episódio da série foi colocado na internet há dois dias atrás, mas parece que a invasão e o vazamento aparentemente, não estão relacionados entre si.

O episódio 4,  intitulado "The Spoils of War" (Espólios da Gerra??) da 7ª temporada de Game of Thrones apareceu inteiro na internet e  uma versão que foi hospedada no Google Drive foi postada no Reddit, mas removida rapidamente por violar os direitos autorais.

Segundo a Entertainment Weekly, o hack e o vazamento são dois incidentes distintos. O vazamento vem da Star India, um dos parceiros internacionais da HBO. As capturas de tela tiradas da filmagem vazada mostram a marca d'água Star. Veja o email que os hackers enviaram ao site:

Os hackers que roubaram a informação estão ameaçando seu próprio vazamento, dizendo: "O maior vazamento da era do espaço cibernético está acontecendo." No momento em que inicialmente revelaram seu crime, os materiais que eles sabiam ter eram episódios de Ballers e Sala 104, com o único material aparente de Game of Thrones sendo um script.

Não há certeza de que a HBO possa impedir mais vazamentos da Star India, pode ser que tenham mais episódios completos de Game of Thrones sendo liberados.

E como sempre, os spoilers correram soltos nas redes sociais. Alguns usaram a hashtag #EuEscolhiEsperar prometendo assistir o episódio no domingo. Só que este que vós escreveis não agüentou e até pedi perdão no Twitter, pois a carne é fraca! Mas estou respeitando a todos pois não estou soltando spoilers e todos já sabem o que eu penso sobre quem faz isso.

fonte: The Next Web




sábado, 5 de agosto de 2017

Crazy Links #416 - Thor: Ragnarok





E para vocês, posto 13 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:




sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Piadas de macacos 3ª parte



Adoro a franquia do Planeta dos Macacos desde criança. E essa nova seqüência respeitou a antiga. Só não gostei da tradução, que deveria ser Guerra pelo Planeta dos Macacos, mas fazer o quê? Isso é Brazil! Curtam mais piadas de macacos!




quinta-feira, 3 de agosto de 2017

IA do Facebook criando seu próprio idioma? Nada com que se preocupar!



Há mais de um mês atrás, os pesquisadores do Laboratório de Pesquisa de Inteligência Artificial(FAIR) do Facebook descobriram que os bots estavam criando sua própria linguagem sem nenhuma interação humana.

Pronto, prato perfeito para os agentes do apocalipse anunciarem o fim da humanidade.

fonte: The Next Web
Os bots, conhecidos como 'dialog agents" ou "agentes de diálogo", estavam criando seu próprio idioma. Usando algoritmos de aprendizagem de máquina, os agentes de diálogo foram deixados livres para conversar na tentativa de fortalecer suas habilidades conversacionais. Ao longo do tempo, os bots começaram a desviar-se das normas do script e, ao fazê-lo, começaram a se comunicar em um idioma totalmente novo, sem que tivessem uma entrada humana.

A internet foi a loucura. Muitos blogs discorreram sobre o perigo que a inteligência artificial poderia ocasionar na humanidade e proclamando que o dia do juízo final estava perto, e principalmente, a declaração que Elon Musk fez por causa do sei receio com o uso dessa nova tecnologia. E rumores diziam que o Facebook encerrou sua IA por causa da criação de seu próprio idioma.

Na realidade, ainda não há nada para se preocupar. Vamos dar uma olhada na conversa desses bots:
Bob: i can i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to
Bob: you i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to me to me
Bob: i i can i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to me to me
Bob: i . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to
Bob: you i i i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have 0 to me to me to me to me to me to me to me to me to
Bob: you i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to

Uma conversa sem sentido algum, essencialmente entre  dois dispositivos de aprendizagem de máquinas que estão negociando como dividir um monte de itens (como livros e basquete) em conjuntos.

Crédito: Pesquisa do Facebook. Bots negociando maneiras de dividir um monte de itens de forma agradável
Um dos pesquisadores, Mike Lewis, disse "Nosso interesse era ter bots que pudessem conversar com pessoas".

Como o Gizmodo notou, a equipe percebeu que eles não tinham  incentivado os bots a falar em inglês da maneira que os humanos seriam capazes de entender completamente, e então eles encerraram a conversa. Nada a ver com a criação de seres conscientes  que que iriam governar ou aniqilar a humanidade!

Outro pesquisador do FAIR, Dhruv Batra, fez um post explicando no Facebook:

"Embora a ideia dos agentes de IA inventando sua próprio linguagem possa parecer alarmante/inesperada para pessoas fora do campo, é um sub-campo bem estabelecido da IA, com publicações que datam de décadas.

Simplificando, os agentes em ambientes tentando resolver uma tarefa geralmente encontrarão maneiras não intuitivas de maximizar a recompensa. Analisar a função de recompensa e alterar os parâmetros de uma experiência NÃO é o mesmo que "desconectar" ou "desligar a IA". Se esse fosse o caso, todo pesquisador de IA esteve ​​"desligando a IA" toda vez que mataram um emprego em uma máquina."

Portanto, não há nenhuma razão real para ter medo de que a IA assuma/conquiste o nosso planeta em breve. Aliás, Neil DeGrasse Tyson ressalta que qualquer IA que criemos, não importa quão perigosa ela seja, ela pode ser simplesmente desconectada.


fonte: The Next Web




quarta-feira, 2 de agosto de 2017

A Pesquisa de Imagens do Google tornou-se mais intuitiva



A Google tornou a Pesquisa de imagens "Image Search" agora muito mais intuitiva e conveniente para navegar. Você pode navegar facilmente por receitas, por exemplo, entre outras coisas.

fonte: The Next Web
A gigante da internet anunciou que está lançando uma atualização que adiciona Badges (crachás) designados na parte inferior de cada imagem que mostra na busca. Os emblemas indicam quais informações adicionais você pode encontrar se você clicar em uma imagem.

A Google diz que atualmente existem pelo menos várias categorias de Badges diferentes, incluindo receitas, produtos, vídeos e GIFs. Você verá esses rótulos no canto inferior esquerdo de cada imagem.

Aqui está o que acontece se você procurar 'cupcakes', por exemplo:

fonte: The Next web
Essencialmente, essa modificação irá poupar-lhe o aborrecimento extra de abrir uma imagem apenas para clicar em "visitar a página".

Uma coisa que temos que mencionar é que você ainda não poderá usar Badges em seu navegador. Por enquanto, o Google limitou a atualização apenas para a web móvel e para o aplicativo Google para Android. Não há informações sobre quando ou se os Badges serão lançados mais amplamente.

fonte: The Next Web




Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.